Igreja de N. S. de Guadalupe

Praça dos Veteranos

 

Copyright © Guia Geográfico - Patrimônios Históricos da Bahia.

 

Essa Igreja ficava no centro da atual Praça dos Veteranos, na Baixa dos Sapateiros. Antigamente era o Largo de Guadalupe, justamente por causa da invocação da Igreja.

Ela foi construída possivelmente no século 18, pois Vilhena (em 1802 ou antes) fez referência a ela como sendo uma igreja dos pardos, no curato da Sé. Nessa época, a região tinha um aspecto de pântano.

Em 1857, a Igreja estava em ruínas. Em 1858, foi demolida pelo governo da Bahia para a instalação do chafariz do Sistema do Queimado. Restos de sua estrutura, entretanto, ainda existiam no início do século 20. Silio Boccanera Jr. (1863-1928) fez a seguinte referência a essa Capela*:

"Na praça do Guadalupe, até bem pouco tempo, ainda, antes da construção do novo quartel do Corpo de Bombeiros, inaugurado a 29 de março de 1917, viam-se destroços de alvenaria, atestando a edificação da Capela de N. S. de Guadalupe, que ali existiu, e foi demolida em 1858."

Antes da demolição da Capela, suas imagens foram transladadas para a **, também demolida em 1933.

A demolição da Igreja e os materiais resultantes, como pedras, janelas, madeira e portas foram arrematados por Francisco Leoncio Ribeiro Sanches, pela quantia de 3:000$000 (três contos de réis), mais o valor das telhas. Essa arrematação foi aprovada por ofício do Governo, de 21 de setembro de 1858 e pagos em 10 de outubro. Os sinos deveriam ser entregues à Tesouraria.

* O Teatro na Bahia da Colônia à República (1800-1923), 2ª edição, 2008, EDUFBA, p.56.

** Extinctas Capellas da Cidade do Salvador, publicado em 1930, na Revista do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, N. 56.

 

 

A Praça dos Veteranos, em 1873. O local onde se localizava a Igreja de N. S. de Guadalupe, demolida em 1858. Veja, também, outra ilustração do século 19, da Ladeira da Praça, por Octavio Torres.

 

Baixa Sapateiros

 

 

Igrejas de Salvador

 

 

 

Salvador Antiga

 

 

 

 

(Ampliar)